13°, o salvador da pátria


Publicado em 7 de dezembro de 2018

Entramos no mês mais esperado do ano. Férias, festas, compras e viagens fazem de dezembro um mês especial no calendário.

Este é o período de maior movimento no comércio, que chega a alterar seu horário de funcionamento para que as pessoas tenham mais tempo para comprar.

O grande suporte para os gastos de fim de ano é o 13° salário que para muitos é praticamente o “salvador da pátria”.

Tem gente que gasta tudo, tem gente que paga as dívidas acumuladas durante o ano e tem também quem usa o dinheiro para pagar os impostos e despesas de janeiro. Outros preferem guardá-lo. Mas independente do destino, o 13° é mesmo uma grande ajuda.

E como já dizia do velho ditado, “dinheiro na mão é vendaval”, e por isso especialistas apontam o planejamento financeiro como a melhor forma de aplicar o 13°. Mas será que as pessoas fazem isso?

Para saber como os iracemapolenses usam o 13°, a Gazeta foi às ruas e traz no Fala Povo desta edição a resposta dos entrevistados.

E você, como aplica o benefício? Ainda dá tempo de se programar e fazer um bom uso deste dinheiro.