7 de setembro: Dia da Independência de Brasil


Publicado em 7 de setembro de 2018
Data é feriado desde 1949 (Foto: Reprodução Internet)

Data é feriado desde 1949 (Foto: Reprodução Internet)

Sexta-feira, 7 de setembro. Comemora-se hoje o Dia da Independência do Brasil. Feriado nacional desde 1949, a data foi instituída para lembrar que em 7 de setembro de 1822 Dom Pedro I deu o brado retumbante de “independência ou morte”, às margens do Rio Ipiranga, declarando o Brasil, então colônia portuguesa, um país independente.

A história conta que grande parte da elite política brasileira apoiada pelo príncipe desejava a autonomia. Um dos principais motivos deste desejado era que o desgaste do sistema de controle econômico causado pelos altos impostos, exercido pela Coroa Portuguesa no Brasil.

Em 9 de janeiro de 1822, Dom Pedro recebeu uma carta da corte portuguesa que exigia seu retorno a Portugal. Contrário a convocação, o príncipe declarou a famosa frase: “Se é para o bem de todos e a felicidade geral da nação, diga ao povo que fico”. Este ficou conhecido como “Dia do Fico”.

Após esse dia, Dom Pedro começou a preparar o país para que fosse declarada sua independência, tomando medidas como a organização da Marinha de Guerra, e exigiu que todas as medidas tomadas pela Coroa Portuguesa deveriam, antes de entrar em vigor no Brasil, ter a sua aprovação. Em dezembro do mesmo ano, Dom Pedro ele foi coroado Imperador após pagar 2 milhões de libras esterlinas, exigidos por Portugal como indenização para que a independência fosse oficializada.

PÓS-INDEPENDÊNCIA

D. Pedro I foi coroado imperador em dezembro de 1822. Em algumas regiões, principalmente no Nordeste, ocorreram revoltas, comandadas por portugueses, contrárias à independência. As manifestações foram duramente reprimidas pelas tropas imperiais.