A Bíblia e a Política – Parte II Governo Pessoal II)


Publicado em 14 de julho de 2018

“Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, paciência, gentileza, bondade, fé, mansidão, temperança” Gálatas 5:22.

Em meios a tantos escândalos e descobertas no meio político nacional, temos que analisar a origem da corrupção e desonestidade que se iniciaram em um ambiente muito peculiar, a mente e coração do indivíduo. Quero tratar aqui não de um político que está na mídia televisiva, mas nas câmeras com ultra definição, os olhos de Deus.

Eu e você, maus políticos de nós mesmos.Como o ser humano chega ao ponto de se corromper de maneira explícita, sem antes já ter se corrompido há muito tempo em sua consciência e coração? Fixados em egoísmo, orgulho e ganancia! É isso mesmo! Nós somos corruptos por natureza (após o pecado de Adão). Qual é o pai que ensina uma criança a mentir, fingir e enganar em sua tenra infância? Então, como é que elas aprendem desde pequenas tais coisas mesmo sem ter consciência da realidade de seus atos? Simples, o corromper (ruptura do certo) vem do homem corrompido (Adão). Por exemplo, minha filha, Yara, com um ano e meio de idade gostava de enfiar o dedo nas tomadas de energia. Eu e minha esposa colocamos tampões em todas para a proteger. Certo dia quase a peguei no flagra. Quando perguntei: “o que você está fazendo?”, ela respondeu: “Nada!”, perguntei novamente: “Você ia colocar o dedo na tomada?”, respondeu ela: “não!”

Ela fingiu, omitiu e mentiu seguidamente.

Deus não quer de nós perfeição, mas sim um compromisso em deixar seu Espírito Santo, governar “politicamente” correto nossa vida.

Paz de Cristo!