A primavera chegou e nós podemos florescer com ela


Publicado em 28 de setembro de 2018

A primavera chegou e, com ela, poderíamos aproveitar para refletir sobre a nossa própria capacidade de renovação. É fato que a vida, às vezes, tem seus dias nublados e chuvosos. Aqueles dias em que você simplesmente deseja se enrolar no cobertor, e se entregar para aquelas séries que te fazem esquecer dos problemas. E não há problema nenhum nisso, desde que você não permita que isso vire um hábito.

E se eu pudesse te fazer uma sugestão, eu te diria: Não permita que a sua vida se resuma em tentar encontrar refúgios. Opte por construir uma vida onde a sua liberdade é o seu bem mais precioso. Talvez a chuva insista e perdure por alguns dias, mas o fato é que sempre haverá um dia ensolarado assim que a tempestade se for e é por mais dias iluminados que devemos viver.

O que você tem feito para colorir seus dias? Que hábitos você tem alimentado? Que tal recomeçar a ler aquele velho livro que você abandonou a tanto tempo? Que tal se matricular em cursos que te estimulem a aprender novas habilidades? Que tal parar de reclamar sobre aquilo que ainda não aconteceu ou que não está como você gostaria, e ser grata por todos os pequenos milagres que acontecem na sua vida diariamente? Que tal assumir o papel, de uma vez por todas, de autor da sua própria história?

O fato é que também podemos ser flores tão lindas quanto as que brotam na primavera. A verdade é que nós podemos ser primavera todos os dias. Basta aceitarmos as transformações em nós que são essenciais para que tenhamos ainda mais força e beleza na próxima florada.

Dizem que ao olhar uma flor com carinho ela floresce ainda mais bela. Quantas vezes você tem se olhado no espelho e, de fato, se admirado por ser exatamente como é? Quantas vezes você tem proferido palavras de amor e carinho a si mesmo? Somos co-criadores do nosso próprio jardim.

Com que frequência você rega seu jardim para que ele possa crescer e enfeitar a sua alma?

A verdade é que tudo aquilo que tanto buscamos está em nossas mãos. Temos o poder de transformar nosso jardim e deixa-lo repleto das cores mais lindas que alguém já viu. Porque, afinal, não é o que você faz que a torna especial, mas o como você faz. Com que intensidade você tem se dedicado a si mesmo? Que tal começar hoje mesmo a ser a sua melhor versão?