Adolescente termina na Delegacia por desacato à GCM


Publicado em 19 de outubro de 2018

Na terça-feira (16), ao fazer patrulhamento de rotina pelo Jd. Carolina Ometto Pavan, por volta das 22h, a GCM avistou dois indivíduos em atitude suspeita.

Enquanto um continuou andando, o outro dobrou a esquina e correu olhando para trás, em direção aos guardas municipais.

Notando a atitude suspeita, os agentes o abordaram. Nesse momento, o rapaz, um adolescente de 16 anos, negou-se a informar os dados para identificação e passou a desacatar a equipe da GCM. Ele disse que os agentes “não eram ninguém”, que “eram guardinhas de nada” e coisas do tipo.

Os guardas solicitaram ao rapaz que lhes acompanhassem até a Delegacia de Polícia para elaboração de ocorrência por desacato. O rapaz passou a dizer que não iria acompanhá-los, mesmo os agentes tentando acalmá-lo.

Não surtindo efeito, foi necessário uso de força moderada para sua contenção. Porém, nesse momento, o rapaz prensou um dos guardas contra a parede e aplicou-lhe uma cotovelada no olho esquerdo, causando escoriações.

Já dentro da viatura, o rapaz informou onde era sua residência e, lá chegando, sua mãe passou os dados necessários para identificação.