Dicas para montar um e-commerce


Publicado em 13 de janeiro de 2017

O e-commerce, que em português significa comércio eletrônico, é uma modalidade de comércio que realiza suas transações financeiras por meio de dispositivos e plataformas eletrônicas, como computadores e celulares. Um exemplo deste tipo de comércio é comprar ou vender produtos em lojas virtuais.

Em tempos de empreendedorismo online é comum que as pessoas se perguntem como montar um e-commerce. Não existe uma fórmula mágica, mas sem dúvida, uma das coisas mais importantes é a preparação do empreendedor para ingressar neste novo mercado.

Para obter sucesso no comércio eletrônico, antes de tudo, deve-se conhecer o mercado, planejar e se capacitar para tal feito.

Quem deseja montar um e-commerce, ou qualquer outro modelo de negócio online, deve ter em mente que apesar de ser um negócio virtual, que ocorre na Internet, vai precisar também de dedicação, muito trabalho e conhecimento das ferramentas envolvidas no processo, como em um negócio físico.

Seguem algumas dicas para o e-commerce se tornar um sucesso:

Planejamento

Criar um e-commerce é relativamente simples, pois existem provedores para lojas virtuais que oferecem este serviço praticamente pronto. Porém, mais de 60% das lojas virtuais fecham em menos de 1 ano, por isso, o planejamento e a organização são importantes.

Analise o segmento que gostaria de atuar

Pesquise áreas que não são muito trabalhadas na lojas virtuais, ou seja, os nichos de mercado, isso evita concorrências de grande sites.

Capacitação de Pessoal

Hoje em dia o comércio eletrônico não tem lugar para amadorismo. É necessário capacitação e investimento nos gestores e possíveis colaboradores de seu e-commerce, uma vez que cada dia mais este serviço de vendas pela internet está mais técnico e profissional.

Estruture um bom sistema de logística

Uma boa logística é primordial para que seu produto chegue no prazo estimado e com segurança ao seu cliente.

A maioria das reclamações sobre compras realizadas em lojas virtuais são justamente em relação a falhas no prazo de entrega. Esteja certo de ter uma estrutura que possa garantir que os produtos vendidos em seu site sejam entregues dentro do prazo estipulado em sua política de entregas.