Em busca de economia consumidores optam por ovos de páscoa caseiros

Em Iracemápolis produto chega a custar 57% mais barato em comparação ao industrializado


Publicado em 12 de abril de 2019
 Ovo caseiro infantil. Produto que concorre com os de marcas tradicionais tem ganhado espaço no mercado (Foto: Divulgação)

Ovo caseiro infantil. Produto que concorre com os de
marcas tradicionais tem ganhado espaço no mercado (Foto: Divulgação)

Um levantamento feito pela Gazeta nos principais supermercados de Iracemápolis aponta uma diferença de 57% entre os preços dos ovos de páscoa caseiros e industrializados. Um ovo de marca tradicional de 575 g chega a ser vendido no supermercado por R$ 69,90 enquanto o produto artesanal custa menos da metade, R$ 30. Esta diferença tem pesado na escolha do consumidor.

A confeiteira Ana Paula Fialho, conta que a procura pela iguaria é grande e afirma que a economia é apenas um dos motivos. “O ovo caseiro fica muito mais barato e é muito mais saboroso do que o industrializados. Eu mesma faço sempre na semana da Páscoa para garantir a qualidade e o sabor. Além de ter um produto fresco, o cliente ainda pode escolher o sabor que gosta e com recheios de sua escolha”, explica.

PERSONALIZADOS

A dona de casa Maria Cristina da Silva concorda com a confeiteira, mas ressalta que ainda compra os industrializados para as crianças. O diferencial segundo ela, são os brindes. “Procuro economizar comprando ovos caseiros , que são muito saborosos e mais baratos, mas na hora de presentear as crianças, não tem como fugir das marcas famosas. Eles exigem os produtos com brinquedos de personagens”, diz.

Pensando nisso a confeiteira Samia Cristina Brito, passou a investir no público infantil. Ela faz ovos personalizados à escolha do freguês. “O cliente encomenda o sabor do ovo e traz o brinquedo para ser colocado dentro. Comecei a fazer isso o ano passado e deu muito certo”, conta.

ESPECIALISTA

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab), foram produzidas mais de 11 mil toneladas de ovos e produtos de Páscoa em todo o Brasil em 2019.

O economista Carlos Eduardo Olivieri explica que este ano houve um aumento de 8,5% nos ovos de Páscoa. O profissional ressalta que a busca por produtos que não sejam os tradicionais ovos, como barras de chocolate e bombons fazem com que a demanda aumente e o preço também. A dica, segundo o profissional, é poupar o bolso, mas não a criatividade. “Vale comprar barras de chocolate ou fabricar bombons e ovos caseiros. A proposta além de econômica é divertida, pois as crianças podem participar do processo”, aconselha.