Integridade x Corrupção – Parte I O errado que virou certo


Publicado em 7 de julho de 2017

“Dizem-lhe eles: De César. Então ele (Jesus) lhes disse: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus” Mateus 22:21.

É mais do que conhecido em todo o território nacional que sonegar impostos é crime (Art 1º Constitui crime de sonegação fiscal. Vide Decreto-Lei nº 1.060, de 1969. Pena: Detenção, de seis meses a dois anos e multa de duas a cinco vezes o valor do tributo). Com toda sinceridade em Cristo, existe alguma empresa neste país que não é corrupta nesse assunto em questão? Vou falar de mim, e Deus fale com você. Não é toda vez que vou ao mercado, lanchonete, shopping, entre outros, que coloco meu CPF quando o atendente pergunta, estou sendo um exemplo de cristão íntegro? Claro que não. Estou sonegando ao governo, não estou dando a ele as informações corretas sobre os meus ganhos. Mas aí você diz: mas todo mundo faz isso, o governo nos rouba e nós devolvemos! Como se isso fosse a vontade de Deus.

Pensando assim devemos rasgar de nossas Bíblias o versículo acima e chamar Jesus de otário! Se eu e você fomos chamados para ser luz e exemplos de Jesus, se ele morreu a minha e a sua morte para que vivessemos a vida dele, devemos fazer o que ele fez e obedecer o que ele nos mandou fazer.

Deus me disse: a única diferença entre você (Rud) e os políticos envolvidos nesse atual escândalo é os valores, do resto são iguais. E digo mais, eles pelo menos se corromperam para ficarem ricos e você?

Amados, não me envergonho da exposição, mas sim de achar que eu era melhor que eles, da qual a grande maioria nem se quer tem compromisso com Deus, e trago isso a tona para que eu seja tratado e me torne íntegro diante de Deus e consequentemente diante das pessoas. Não estou aqui dizendo que é fácil ser íntegro em todas as áreas, mas daí ser relaxado em algumas por serem coisas supérfluas, é não ter conhecimento disso: “Maldito aquele que fizer a obra do Senhor fraudulosamente” Jeremias 48:10a.

Estamos aqui de passagem, devemos viver como tais. A falta de integridade no meio cristão tem impedido muitas almas de se achegarem a Cristo, e isso precisa ser revertido. Sejamos íntegros ao extremo, como filhos de Deus que dizemos ser!

Paz de Cristo!