Lixo precisa ser descartado de maneira correta


Publicado em 2 de março de 2018
  Uso do contêiner de forma errada: não pode jogar madeira, móveis e restos de jardinagem (Foto: Assessoria de Imprensa da PMI)

Uso do contêiner de forma errada: não pode jogar madeira, móveis e restos de jardinagem (Foto: Assessoria de Imprensa da PMI)

Os contêineres da cidade são para descartar lixo doméstico, como restos de alimentos e papéis de higiene. Porém, a população tem usado os recipientes para jogar tudo quanto é tipo de material, como eletrônicos, roupas e móveis velhos.

O uso incorreto faz com que os recipientes fiquem cheios além da capacidade. Os profissionais da coleta já encontraram objetos até inusitados, como carrinhos de bebê, bonecas e churrasqueira quebrada.

A população precisa se atentar a isso, utilizando os meios certos para descartar cada tipo de material.

CONTÊINERES

A empresa “Forty” é responsável pela coleta, transporte e destino do lixo das casas. O serviço começa às 7h com os caminhões circulando.

O serviço passa dia sim, dia não. Nos dias que não passa, a população pode usar os contêineres em caso de urgência. Esse lixo é recolhido e os recipientes são limpados com produtos ecologicamente corretos.

ECOPONTO E CATA CACARECO

Já outros tipos de materiais devem ser levados no ecoponto, como restos de jardinagem, sobras de construção, aparelhos eletrônicos e recicláveis. O ecoponto fica na Rua José Carmo da Silva (Parque Empresarial II).

Também existe o serviço de Cata Cacareco. O caminhão passa e recolhe sofás, móveis e outros itens que não podem ser descartados nos contêineres. O serviço é de graça e passa nas ruas em dias programados.

AÇÃO CONJUNTA

Para manter a cidade limpa, é preciso a colaboração de todos: Prefeitura e população. A maioria das pessoas sabe disso, mas algumas não dão importância.

É preciso jogar o lixo de forma certa. Exemplo: pedaços de madeira não podem ir para os contêineres, e sim para o ecoponto.

A Prefeitura informou que está preparando campanhas educativas para trabalhar o assunto com a sociedade, principalmente nas escolas.