Mau agouro


Publicado em 7 de outubro de 2016

No caixa do supermercado os clientes aguardavam enquanto a operadora passava as compras de alguém. A operadora sorria e ouvia avidamente o que essa pessoa falava.

Quando a pessoa pegou suas compras e foi se afastando, a moça olhou para os próximos clientes na fila e sorrindo exclamou:

_ Lá vai uma das pessoas mais chiques que conheço.

Todos na fila olharam novamente para a pessoa em questão. Ela não estava vestida com roupas de grife e nem entrou num carro importado. Para quem não conhecia essa pessoa, ela parecia alguém comum, mas para quem tinha o prazer de conhecê-la, sabia muito bem o que a operadora queria dizer.

Aquela pessoa é chique porque ela sempre tem algo bom pra dizer. A gentileza faz parte de sua vida. Ela também sempre prezou o conhecimento, sempre quis buscar mais. A pessoa em questão também não dá lado para o mau agouro que acompanha os de língua dobre, os juízes de plantão, e ela também não alimenta fofoca. Jamais foi vista numa rodinha promovendo a discórdia e cavando covas com uma simples palavra distorcida. Com boa situação financeira, essa pessoa desde bem cedo lutou e conseguiu tudo honestamente, jamais esperou favores ou negociou benefícios.

Alguém pode pensar que a pessoa em questão deve ser idosa, pois com a idade geralmente vem mais sabedoria, mas não. Pelo contrário, a pessoa é mais jovem, talvez nos seus quarenta e poucos. Não vou falar se essa pessoa é homem ou mulher. Quem estava no supermercado aquele dia sabe quem é. E a operadora tem razão ao dizer que é “uma das” mais chiques, pois em nossa cidade tem outras assim: chiques, elegantes, que buscam aprender, acrescentar, que dão um passo além e saem daquele mundo pequeno para o mundo do conhecimento que salva, que abre portas e que alavanca por dentro e por fora.

Nos últimos dias onde se viu muita deselegância e pobreza de espírito, o desejo deve ser por mais pessoas chiques e elegantes que tragam algo bom. E que sejam exemplos para outras como a ávida operadora que certamente dará seu passo além na vida. E jamais se esquecer de se afastar do mau agouro. Quando ele aparecer, geralmente em forma de gente, pernas pra quem tem! Tem que correr pra longe…