Não deu para o Brasil


Publicado em 14 de julho de 2018

Não foi desta vez que a nossa seleção trouxe o hexa. O Brasil caiu diante da Bélgica e com ele caiu também o sonho de sermos hexa este ano. Agora, a espera pela sexta estrela na camisa amarela vai completar 20 anos em 2022, quando teremos outra chance.

A campanha do time brasileiro na Copa não foi das melhores. Esperou-se muito de um único jogador que não deu conta do recado.

Neymar não brilhou como se esperava. Foi muito criticado na imprensa internacioanal, acusado de exagerar na interpretação das faltas sofridas. Virou piada na internet. Coutinho não surpreendeu e Jesus, não fez milagres. Mas diga-se de passagem, a eliminação não pegou de surpresa o torcedor.

O grupo que não foi para a Copa sob muita expectativa dos brasileiros que queriam o título, mas estavam preparados para perder, não foi crucificado pela torcida. Tite, o técnico, também não.

A seleção foi recebida com carinho e apoio em seu país, que entendeu que nem sempre a gente ganha.

Queríamos a taça? Sim! Mas 2018 não era para ser. Quem sabe em 2022, no Catar, seja a nossa vez…