Necessidades e prioridades – Parte V Mente


Publicado em 22 de fevereiro de 2019

“Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, e tenhas cuidado de fazer tudo quanto nele está escrito; então seu caminho será próspero, e serás bem sucedido.” Josué 1:8.

Nossa mente é algo fantástico, diferente da memória “o armazém” das lembranças e da consciência, “a central da separação” do bem e do mal, a mente é onde planejamos tudo o que vamos fazer seja benéfico ou maléfico. Nela planejamos dar bom dia ou não, sorrir ou não sorrir, falar coisas boas ou criticar destrutivamente alguém ou alguma situação simples, polêmica ou mais complicada, mas é nela também que decidimos as necessidades e prioridades de nossas palavras, atitudes e comportamentos. O versículo base nos orienta a seguir um caminho de sucesso a começar na mente, quando ele diz: “medite nele dia e noite”. O livro deixa claro que meditar, mentalizar e planejar seu dia, sua semana, seu ano e todas as áreas de sua vida de acordo com os ensinamentos contidos na Bíblia, nos trarão mais sabedoria para decidirmos as necessidades e prioridades, na ótica de Deus, por exemplo: se decido atentar para o trecho bíblico que diz: “ame sua esposa como Cristo amou a igreja, dando a vida por ela” (Efésios 5:25), e eu levanto mais cedo em um dia qualquer sem data especial e faço um lindo e saboroso café da manhã para minha amada esposa, pode ter certeza de uma coisa, o dia dela vai ser melhor, só não melhor que o meu, pois a minha mente já estará planejando o retorno da “bondade” a noite quando chegar em casa (risos).

Outro exemplo rotineiro é: se um filho se atenta e medita no trecho bíblico que diz “Honra teu pai e tua mãe para que te vá bem e viva muito tempo sobre a terra” (Efésios 6:2-3) e planenjado o bem, põe em pratica deixar a casa limpa para que quando seus pais chegarem fiquem surpresos com tal feito, é a hora certa daquele pedido que gostaria de fazer e que está ao alcance de seus pais responderem sim, ele ficou mais perto da realidade do que antes.

Enfim, precisamos treinar diariamente nossa mente a entender quais as necessidades e prioridades que devem ser meditadas, processadas e planejadas com sabedoria, para que ao findar do dia, possamos deitar e meditar no versículo que diz “Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança” (Salmos 4:8).

Quais são as necessidades e prioridades dos seus pensamentos e da sua mente? Paz de Cristo!