“Parquinho da Mônica” é revitalizado


Publicado em 12 de janeiro de 2018
 Samuel Alves, Edinaldo Souza, Fabio Mercúrio, Enrico Mercúrio, Brunão Marrafon, Daniel Oliveira,  Donizete Muniz e Juca do Ponto (Foto: Ágape Missões Urbanas)

Samuel Alves, Edinaldo Souza, Fabio Mercúrio, Enrico Mercúrio,
Brunão Marrafon, Daniel Oliveira, Donizete Muniz e Juca do Ponto (Foto: Ágape Missões Urbanas)

A equipe da área de Meio Ambiente da ONG Ágape, a CATI (Casa da Agricultura), o Viveiro Municipal e o Setor de Serviços Urbanos, reuniram-se na última semana com a finalidade de revitalizar o Centro Comunitário Santo Rossetti (Parquinho da Monica). Diversas árvores foram plantadas ao redor e na área interna do local.

“A arborização urbana que é importante para retirar o CO2 gás carbônico e liberar oxigênio. E hoje e nítido o calor insuportável que estamos sofrendo devido a falta de arborização. O desmatamento e a alta poluição emitido pelos veículos automotores e indústrias é uma triste realidade hoje. Infelizmente falta muita consciência ambiental por parte das pessoas, haja visto a grande quantidade de mudas já plantadas que não viraram árvores, devido a depreciação das mesmas por pessoas maldosas”, ressalta Paulo Giovani, “Biro”, líder da ONG Ágape.