Privilégio mensal


Publicado em 3 de março de 2017

A pedicure rapidamente apoiou os pés da cliente num puff e abriu uma gavetinha de onde tirou um rolo de filme plástico daqueles que a gente usa na cozinha e uma bisnaguinha de creme. “Agora vem a parte boa”, pensou a cliente recostando-se no sofá confortável. As mãos habilidosas da pedicure começaram então a massagear um pé de cada vez da mulher que fechou os olhos e pensou que esperar um mês para ter aquele trato era muito tempo. O creme cheiroso trazia alívio, parecia tirar um peso do corpo inteiro. Depois da massagem, com cuidado, a pedicure enrolava o pé no filme plástico enquanto a cliente viajava em seus pensamentos…

A gente vê na televisão aquelas artistas e modelos tão lindas e daí entende que é fácil para elas serem belas. Elas têm à disposição todos os dias todo tipo de cuidados e massagens para tudo, cremes de última geração e cabeleireiros milagrosos. Até quem não é daquela beleza, fica bonita.

A cliente alí de olhos fechados esperava o mês inteiro para poder ir à manicure, pedicure e cuidar das sobrancelhas. E olha lá ainda… Quando o mês tinha muitos compromissos como material de escola para os filhos, algum imprevisto na casa que precisasse de conserto ou qualquer coisa que comprometesse mais o orçamento, aquela única tarde de privilégios que acontecia a cada trinta dias ficaria para depois de mais trinta.

-Pronto! Tudo terminado! -A mulher abriu os olhos- Vamos marcar para o próximo mês?

-Sim- respondeu a cliente. – Ah não, espera um pouco. Mês que vem é abril, né? Mês da Páscoa, não vai dar… Tenho que comprar ovo de chocolate pras crianças.

-Então vamos marcar pra maio – falou animadamente a pedicure.

-Hummm, maio tem dia das mães – falou a cliente – Mas eu não posso ficar noventa dias sem minha única tarde de beleza e privilégio. Eu vou pensar e te ligo até amanhã, porque alguém vai ficar sem presente…

-É isso aí – falou a pedicure e incentivando a cliente completou – e esse alguém não vai ser a senhora!

Quem vai ficar sem presente na casa daquela mulher eu não sei porque não estava lá no dia seguinte pra saber se a mulher ligou, mas descobrirei mês que vem pois tenho horário e já decidi que ovo de chocolate na minha casa também não vai ter. Também não serei eu a ficar sem a massagem mensal no pé…Afff…