Projeto ambiental da Ágape é alvo de vandalismo


Publicado em 5 de abril de 2019
 Árvore plantada próximo ao ribeirão cachoeirinha coberta de lixo (Foto: Ágape Missões Urbanas)

Árvore plantada próximo ao ribeirão cachoeirinha coberta de lixo (Foto: Ágape Missões Urbanas)

Desde 2007 a Associação Ágape Missões Urbanas realiza na cidade um trabalho voltado para revitalização e arborização de espaços públicos.

Ao longo dos últimos 12 anos, mais de 10 mil mudas de árvores foram plantadas em diferentes ponto da cidade, como escolas, creches e calçadas. O Centro de Lazer também recebeu uma ação de revitalização. Mas o trabalho sério da instituição já foi alvo de vandalismo diversas vezes. O caso mais recente aconteceu na semana passada, quando vandalos jogaram uma grande quantidade de entulho sobre uma muda plantada às margens do ribeirão cachoeirinha.

“É muito triste se deparar com uma situação como esta. Estamos trabalhando para preservar o ribeirão, desenvolvemos um trabalho sério na cidade que nos consome muito. Fazemos com amor, com o único objetivo de preservar o meio ambiente e melhorar a arborização no município, mas frequentemente nosso trabalho é alvo de vandalismo”, lamenta Daniel de Oliveira, engenheiro e um dos responsáveis pelo setor ambiental da Ágape.

A árvore do ribeirão cachoeirinha é a décima a ser destruída. Só na praça do bairro Boa Vista a instituição plantou cinco árvores e todas as vezes o trabalho foi destruído.

“Achamos de extrema importância trabalhar a educação ambiental não só na teoria como também na prática, preservando nosso meio ambiente para esta geraçao e para as futuras. Mas para isso precisamos do apoio da comunidade na preservação do trabalho desenvolvido”, ressalta o líder da Ágape, Paulo Giovane Lima.