Reforma da Previdência


Publicado em 22 de fevereiro de 2019

O presidente Jair Bolsonaro enviou ao Congresso na última quarta-feira (20) a proposta de reforma da previdência. Antes mesmo de assumir a presidência, Bolsonaro tinha dito que a reforma seria prioridade no início de seu mandato. A proposta enviada ao Congresso teve idade mínima fixada de 65 anos para homens e 62 para mulheres, o que é compatível com padrões internacionais. O tempo de transição deve ser de 12 anos.

O governo afirma que a medida deve equilibrar a economia. Se não forem feitas mudanças nos regimes previdenciários, em pouco tempo o orçamento do governo será comprometido.

De acordo com o cálculo oficial que consta no texto enviado ao Congresso, a reforma proporcionará economia de R$ 1,07 trilhão em dez anos.

Se aprovada, a reforma deve dar um fôlego ao governo, principalmente neste início de mandato. Vale ressaltar que a economia do país não anda nada bem, e isso não é novidade, portanto, priorizar uma medida que deve poupar dinheiro é uma boa aposta do governo.