Resumo Esportivo 02/11/2018


Publicado em 2 de novembro de 2018

Campeonato Brasileiro – Série A

O que resta para o encerramento do campeonato brasileiro é o equivalente a sete rodadas e 21 pontos.

O líder Palmeiras soma 63 pontos, quatro a mais do segundo colocado Flamengo que tem 59 que é seguido por Internacional 58, São Paulo 56, Grêmio 52, Atlético MG e Santos 46.

Lá embaixo a briga para escapar da degola é muito grande.

Três equipes deverão acompanha o Paraná na série B do ano que vem.

Com 17 pontos ganhos o time do Paraná já está rebaixado. Brigam ainda Vitória e Sport com 33 pontos, Chapecoense, América e Ceará 34, Vasco e Botafogo 35, Bahia 37, Corinthians 39 e Fluminense 40.

No bloco intermediário temos Cruzeiro e Atlético PR com 43 pontos cada. Acompanhe os jogos válidos pela 32ª rodada:
Sábado, dia 03 de novembro:
17h00 – Atlético MG x Grêmio
17h00 – Fluminense x Vasco
19h00 – Palmeiras x Santos

Domingo, dia 04 de novembro:
17h00 – Paraná x Vitória
17h00 – América MG x Cruzeiro
17h00 – Botafogo x Corinthians
17h00 – São Paulo x Flamengo
19h00 – Bahia x Chapecoense
19h00 – Internacional x Atlético PR

Segunda-feira, dia 05 de novembro:
20h00 – Sport x Ceará

Campeonato Brasileiro – Série B

Faltam apenas cinco rodadas para o encerramento do campeonato brasileiro da série B. Estão em disputa apenas 15 pontos.

Embora a matemática ainda não permita, a ótima campanha e a regularidade ao longo da competição fazem do Fortaleza a primeira equipe a subir para o grupo de elite do futebol brasileiro no ano que vem.

O time cearense lidera com folgas, somando 61 pontos ganhos, dez pontos a mais do que o quinto colocado Atlético GO.

Briga pelo G-4, Avaí com 55 pontos, junto com CSA 54, Goiás 53, Atlético GO e Vila Nova 51 e Londrina 50. Com remotas chances aparecem Ponte Preta 47, Guarani e Coritiba 46.

Na parte de baixo da tabela a briga continua muito acirrada, porem ninguém está matematicamente rebaixado.

A lanterna está nas mãos do Boa Esporte que soma 29 pontos, seguido de Sampaio Correa 32, Paysandu 33, Juventude e CRB 35, Brasil de Pelotas 37 e Criciúma 41.

No bloco intermediário temos Figueirense com 44 pontos, São Bento e Oeste 43.

O uso do VAR…

Marcelo Medeiros, presidente do Internacional, lançou movimento para colher assinaturas de todos os clubes da Série A pedindo para a CBF o uso do VAR nas sete últimas rodadas do Brasileirão.

Injusta seria porque muita gente já foi prejudica por erros de arbitragem na competição e recebeu socorro da tecnologia. Suponha que um time teve um gol mal anulado no primeiro turno sem poder usar o VAR para mudar a decisão. E que agora esse clube tenha um tento invalidado pelo árbitro de vídeo contra a mesma equipe, mas de maneira correta. Seria justo? Não há um desequilíbrio?

Pode se argumentar que é melhor evitar erros tardiamente do que nunca. Então, vale mais usar o VAR só na reta final do que correr o risco de ver campeão e rebaixados serem definidos por falhas dos apitadores.

Esse é o ponto central. Acabamos de ver na final da Copa do Brasil duas decisões do VAR contestadas, uma pelo Cruzeiro e outra pelo Corinthians. O recurso mais atrapalhou do que ajudou. O mesmo aconteceu nas semifinais da Libertadores.

Temos vários exemplos de decisões equivocadas apesar do ”olho eletrônico”. Ou seja, a utilização do recurso ainda precisa de muitos ajustes, além de aprimoramento dos árbitros e mudança radical de comportamento dos atletas para não pressionarem os juízes. Está claro que introduzir o VAR na reta final do Brasileiro não é garantia do fim dos erros de arbitragem. Ao contrário. Em tese, teríamos mais polêmica pela frente, além de um briga pra ver quem paga a conta.

Libertadores da América

Brasileiros fracassam e Libertadores terá final argentina inédita.

Grêmio e Palmeiras deram adeus à Libertadores de forma melancólica, frustrando seus torcedores e deixando a decisão da Taça ir para a Argentina.

O time gaúcho até que animou sua torcida vencendo o jogo de ida na Argentina, porem, em casa decepcionou e perdeu para o River Plate por 1 a 2. Já o Palmeiras, não conseguiu praticamente nada na semifinal da competição. Perdeu fora de casa por 0 a 2 e no Alianza Parque apenas empatou com o Boca Juniors, adiantando a conquista de sua segunda Libertadores, quem sabe, para o ano que vem.

Pior do que isso, o tão sonhado título mundial, ninguém sabe, ninguém viu. Porem resta uma esperança… O ano que vem está bem próximo e o torcedor esmeraldino já está classificado para a competição de 2019.

Agora, a meta é conquistar mais um título brasileiro.

Mesmo com a frustração fica aqui nossos aplausos para os dois melhores times do Brasil na atualidade, Grêmio e Palmeiras.

Boca Juniors e River Plate decidirão o título da Libertadores da América.

Tá na internet

Custo de vida nos países.

Presidente dos Estados Unidos: – Meus americanos vivem muito bem. Um trabalhador ganha 3000 dólares por mês. Necessita de 2000 dólares para viver, o que ele faz com os outros mil dólares, não nos interessa.

Primeiro ministro do Canadá:

– Meus canadenses vivem muito bem. Um trabalhador ganha 4000 dólares por mês. Necessita de 2000 dólares para viver, o que ele faz com os outros dois mil dólares, não nos interessa.

Presidente do Brasil:

– Meus brasileiros vivem muito bem. Um trabalhador ganha 1000 reais por mês. Necessita de 2000 reais para viver, de onde ele consegue os outros mil reais, não nos interessa.

Frase para reflexão

O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer. (Albert Einstein)