Tempo de quê? Tempo pra quê?


Publicado em 3 de julho de 2020

Mais um mês se iniciou e estamos na luta para sobreviver. Vemos rostos conhecidos partindo e nosso coração fica apertado. Nos perguntamos como isso aconteceu? Num tempo em que acreditávamos que a ciência estava tão avançada, nos sentíamos imbatíveis, acontece tudo isso que estamos vendo no mundo e nos descobrimos vulneráveis, sem eira nem beira.

Tempos difíceis. Mas não pode ser tempo perdido. É tempo de renovar a esperança e principalmente a fé. E a fé não tem a ver com religião não. Tem a haver com crer num Poder Superior ao nosso que pode nos dar força para passar por tudo isso. E você querido leitor, como está sua fé? Quem é o poder superior que te dá forças para passar por tudo isso?

Ficamos perdendo nosso precioso tempo nas redes sociais, criticando opiniões, discutindo política e alimentando notícias falsas. Por que não aproveitar o tempo para refletir sobre nossas crenças, reacender a chama da fé, acreditar em alguma coisa pelo amor de Deus? Não importa sua religião, mas creia, ore ou reze, seja lá o que for para você. Não somos criaturas do acaso. O que mais temos visto são pessoas com medo de morrer, desesperadas, aterrorizadas pelo vírus. O medo da morte, o desespero, reflete só uma coisa: a falta de fé, a falta de um sentido na vida, a ignorância de que existe sim esperança e ainda que morramos, não acaba aqui.

Se tudo o que está acontecendo não servir para refletirmos mais sobre o sentido da vida e nos levar mais próximo de Deus, então somos os mais miseráveis dos homens.

Deixo aqui minha reflexão e meu desejo sincero de que possamos aprender a usar nosso tempo para coisas boas, para trazer esperança, renovar a fé, orar ou rezar mais, ter uma convicção e a certeza de que não fomos criados para apenas nascer, crescer, morrer e virar pó. Acredite, não é só isso. O melhor ainda está por vir.