Vacina é a principal medida de combate ao sarampo


Publicado em 11 de setembro de 2020
Imunização vai até 31 de outubro; vacina é aplicada nos postos do Lázaro Honório e Oliveira, Jd. Iracema e Centro (Foto: Divulgação)

Imunização vai até 31 de outubro; vacina é aplicada nos postos do Lázaro Honório e Oliveira, Jd. Iracema e Centro (Foto: Divulgação)

O Ministério da Saúde estendeu a campanha de vacinação nacional contra o sarampo até o dia 31 de outubro.

O sarampo é uma doença grave e cada infectado transmite o vírus a outras 18 pessoas, em média, segundo estimativa do próprio Ministério. A principal medida de combate é a vacinação, que fica disponível de graça nos postos de saúde.

IRACEMÁPOLIS

De acordo com a coordenadora de Saúde de Iracemápolis, Geseli Alves da Silva, mesmo com a pandemia de covid-19 em evidência no país, a população deve ficar atenta sobre a importância da prevenção também contra o sarampo.

“A disseminação ocorre por via aérea ao tossir, espirrar ou falar”, explica.

A vacina é aplicada nos postos de saúde do Lázaro Honório de Oliveira, do Jd. Iracema e do Centro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h e das 13h às 15h30.

Antes de ir até a um dos postos, a orientação é telefonar agendando: 3456 3200 (Lázaro Honório), 3456 3930 (Jd. Iracema) e 3456 3897 (Centro Odontológico).

Para quem for receber a dose, a orientação é manter as recomendações do setor de Saúde, como ir à UBS com máscara de proteção social, não esquecer de higienizar as mãos e evitar aglomerações no aguardo do atendimento.

COMO FUNCIONA

• De 6 meses a 29 anos: o público é seletivo e deve levar o cartão para avaliação sobre a necessidade de receber a dose;

• Adultos de 30 a 49 anos: precisam tomar a vacina.