Vizinhança solidária: associação de moradores do Paineiras implanta projeto para garantir segurança


Publicado em 22 de setembro de 2018
Uma grande faixa com telefones da Polícia Militar, Guarda Civil, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil foi instalada  na entrada do bairro (Foto: Antônio Feitosa Félix)

Uma grande faixa com telefones da Polícia Militar, Guarda Civil, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil foi instalada na entrada do bairro (Foto: Antônio Feitosa Félix)

Com o objetivo de oferecer segurança à população, a Associação de Moradores do Bairro Recanto da Paineiras e Região tomou uma iniciativa inédita na cidade ao colocar os telefones das forças policiais em destaque nas ruas, para facilitar e incentivar denúncias.

O projeto “Vizinhança Solidária” implica na aplicação de cartazes nos portões das residências e em postes do bairro contendo telefones úteis em caso de emergência como da Polícia Militar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil. “A ideia é que qualquer morador que visualizar alguma situação suspeita, possa denunciar”, explica o presidente da associação, Antônio Feitosa Félix.

Para divulgar o projeto, a diretoria da associação elaborou um panfleto que estará disponível nos comércios da região e instalou ainda uma faixa na entrada do bairro com as mesmas informações dos cartazes.

O projeto teve o apoio do CONSEG (Conselho de Segurança). “Iniciativas assim são bem-vindas”, destacou Ubiratã Bertolo, presidente do CONSEG.

EXEMPLO

De acordo com o diretor social da associação de moradores, Aleksandro Almeida dos Santos, a iniciativa tem como objetivo além de oferecer mais segurança para a população, ser um exemplo para outros bairros. “A intenção é inibir os casos de furto que infelizmente são frequentes na cidade e assim trazer mais tranquilidade para os moradores. Esperamos também que toda a cidade se espelhe nesta ideia. Entendemos a importância de fazer nossa parte e não só cobrar das autoridades e reclamar. Se é possível fazer algo, vamos fazer”, declarou.