20 de novembro “Dia da Consciência Negra


Publicado em 16 de novembro de 2018
No Brasil 14,9 % da população é negra. Dados são do IBGE (Foto: Reprodução Internet)

No Brasil 14,9 % da população é negra. Dados são do IBGE (Foto: Reprodução Internet)

Com o intuito de promover reflexão sobre a posição dos negros na sociedade, o “Dia da Consciência Negra”, comemorado em 20 de novembro, levanta a bandeira da luta dos negros contra a discriminação racial e a busca por igualdade social.

O censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) aponta que 14,9 % da população brasileira é negra. São 16,8 milhões de pessoas representadas neste dia que ainda hoje carregam a herança do sofrimento que seus antepassados sofreram desde a colonização do Brasil.

Inúmeras manifestações e palestras acontecem pelo Brasil no “Dia da Consciência Negra”, onde são discutidos temas como preconceito, discriminação, dificuldades encontradas pelos negros no mercado de trabalho, marginalização e etc, e exaltados temas como a beleza negra e as conquistas deste povo ao longo da história.

ESCOLHA DA DATA

A data foi escolhida para homenagear um ícone da luta dos negros contra a escravidão, Zumbi dos Palmares, assassinado em 20 de novembro de 1695.

A Lei que estabelece a data (Lei 12.519/2011) foi sancionada em 2011 pela presidente Dilma Roussef. Apesar de não ser um feriado nacional, os estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Roraima decretaram feriado estadual na data. Nos demais estados ficou a cargo de cada município decretar ou não ponto facultativo.

Em Iracemápolis a data se tornou feriado municipal no ano de 2013.