Chaves e Namorados


Publicado em 17 de janeiro de 2020

Na casa do chaveiro alguns se aglomeravam. Sabe aquelas pessoas que iniciam o ano pensando em colocar tudo em ordem, a começar pelas chaves? Pois é, eu sou uma dessas…

– Olha meu senhor – disse o chaveiro pro senhorzinho – precisa ver de que casas e de que quais portas são essas chaves. Como o senhor tem muitas casas de aluguel e costuma também fechar todas as portas dos cômodos e guardar as chaves, a gente vai ter que ir em cada uma delas e testar antes de trocar os miolos das fechaduras. Eu vou lá na casa do senhor mais tarde, pode ser? Daí resolvemos isso.

O senhorzinho cheio de casas de aluguel foi embora carregando suas muitas chaves.

– Por isso que eu só tenho uma casa – disse o chaveiro – muitos imóveis só dá problema – concluindo sorrindo.

– É mesmo! – falou uma voz femimina atraindo todos os olhares para si – É como ter muitos namorados. Só dá problema. No caso dos imóveis são as chaves, no caso dos namorados são os nomes, a gente acaba confundindo e não lembra o nome, esquece quem é quem – disse a senhora já madura, super bem vestida, de óculos de sol e sorriso esfuziante.

Claro que todo mundo quis olhar melhor pra saber quem era a mulher dos muitos namorados. Eu vi quem era, mas não vou falar, porque falar demais também causa problemas. É como ter muitas chaves e muitos namorados, só dá problema.

Deixe uma resposta