Em Iracemápolis, candidatos a prefeito podem gastar até R$ 123 mil

Teto é estabelecido pelo TSE; candidatos a vereador podem gastar pouco mais de R$ 12 mil


Publicado em 11 de setembro de 2020
Dia 26 de setembro é o prazo máximo para o registro das candidaturas (Foto: Divulgação)

Dia 26 de setembro é o prazo máximo para o registro das candidaturas (Foto: Divulgação)

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) definiu o limite de gasto que deve ser respeitado pelos candidatos aos cargos de prefeito e vereador na região. De acordo com o TSE, no caso de Iracemápolis, o limite para concorrer às eleições de 2020 é de R$ 123.077,42 para quem vai concorrer ao cargo de prefeito e de R$ 12.307,75 para quem concorrer ao cargo de vereador.

Quem desrespeitar o limite de gasto está sujeito à multa de 100% da quantia que ultrapassar o teto fixado.

LIMEIRA PODE GASTAR MAIS

De acordo com o portal G1, fonte desta notícia, Limeira é a cidade da região com o maior teto de gasto para as campanhas de prefeitos e vereador, chegando a R$ 866 mil para prefeito no primeiro turno e R$ 125 mil para vereador. Caso haja segundo turno, os candidatos à prefeitura podem gastar R$ 346 mil a mais.

Piracicaba, maior cidade da região, tem um teto de R$ 395 mil para a campanha de candidatos a prefeito no primeiro turno e R$ 59 mil para candidatos a vereador. Caso haja segundo turno, o valor limite é de R$ 158 mil.

Além de Iracemápolis, outros 11 municípios da região têm o teto mais baixo estipulado pela Justiça, de R$ 123 mil, para a disputa ao cargo máximo do Executivo: Águas de São Pedro, Charqueada, Cordeirópolis, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Ipeúna, Mombuca, Rafard, Rio das Pedras e Saltinho.

DATAS

O dia 26 de setembro é prazo máximo para o registro das candidaturas. Depois tem início a propaganda eleitoral. A eleição é no dia 15 de novembro.