Pedrão cobra melhorias no Centro de Lazer do Aquárius


Publicado em 22 de maio de 2020
Vereador em frente ao local (Foto: Divulgação)

Vereador em frente ao local (Foto: Divulgação)

O vereador Pedrão do Noé enviou texto ao jornal para falar do Centro de Lazer do Aquárius. Abaixo, o texto enviado, na íntegra:

Embora o foco de todas as cidades sejam o combate contra o Covid-19, há também outras demandas que não podem ser deixadas de lado já que estão ligadas diretamente a saúde da população. Em Iracemápolis, uma delas a situação do Centro Esportivo do Bairro Aquárius que está em uma situação lastimável.

Nestas últimas semanas, o vereador Pedrão do Noé (PSD) vem recebendo inúmeras reclamações sobre a situação de abandono de várias áreas públicas na cidade. Uma delas é o Centro Esportivo do Aquarius, que continua tendo suas calçadas completamente deformadas que oferecem riscos eminentes a pedestres. Alambrados estão em estado de deterioração em vários trechos, o que facilita o acesso indevido ao local. A iluminação pública também é deficiente o que oferece riscos para quem transita pelo trecho.

A situação de abandono é muito ampla. Há ainda, falta de capina que gera o surgimento de animais como cobras e escorpiões que tem aparecido dentro de residências com frequencia. Já os brinquedos estão em sua maioria quebrados e o gramado do campo em péssimas condições. “Um dos pontos mais graves nesse local, sem dúvida, é a unidade Básica de Saúde, que além de estar fechada está se deteriorando, com portas apodrecendo, janelas abertas e a população do bairro tendo que desloca-se por mais de 2 quilômetros até o centro Odontológico para ser atendida”, destacou Pedrão, acrescentando que os moradores do bairro Aquárius continuam sofrendo com o mau cheiro e aglomerações de usuários de drogas e álcool no espaço que segue abandonado.

Eu sei que a pandemia do convid-19 é e deve ser sim prioridade, mas o prefeito não pode fechar os olhos para as necessidades cotidiana dos bairros. Estamos falando de uma área pública. A prefeitura cobra os munícipes da limpeza de terrenos, mas não dá exemplo. O local é muito grande e seria necessário alguém para cuidar e administrar o complexo, deixando tudo em ordem. Câmeras de monitoramento precisam ser instaladas para inibir o uso de drogas e crimes. Ainda se possível, seria de muito bom tom, a prefeitura organizar a criação de uma associação de Bairro para fiscalizar e manter o local em ordem, finalizou Pedrão acrescentando que esses problemas já foram relatados diretamente a prefeitura que já ciência da gravidade mas ainda não tomou providências.