Tempo quente e chuvoso favorece escorpiões


Publicado em 20 de março de 2020
Escorpião amarelo é o mais recorrente; Coordenadoria de Saúde orienta sobre o assunto (Foto: Imagem ilustrativa)

Escorpião amarelo é o mais recorrente; Coordenadoria de Saúde orienta sobre o assunto (Foto: Imagem ilustrativa)

O tempo quente e úmido, fruto do período de chuvas do verão, é propício para a proliferação de escorpiões. O alerta é dado pela Coordenadoria de Saúde, por meio da diretora da Vigilância Sanitária e Epidemiológica, Eliane Raetano.

A profissional explica que nesta época a atenção e os cuidados devem ser redobrados para evitar riscos maiores para a saúde.

“O aparecimento de escorpiões nas casas aumenta muito nesta época, os aracnídeos saem de seus esconderijos em busca de refúgio, abrigo e lugar seco. Então aumenta o número de acidentes com escorpiões”, informa.

O escorpião é um aracnídeo que se adaptou bem ao ambiente urbano. Ele fica entocado durante o dia e sai para caçar à noite. “O escorpião amarelo é o que tem mais presença e causa mais acidentes. A picada pode acarretar sérios riscos à saúde e até matar, pois o veneno age no sistema nervoso”, detalha.

CUIDADOS

Algumas espécies de escorpiões têm expectativa de vida de até 10 anos. Para evitar a presença deles em casa, é preciso tomar alguns cuidados.

As principais dicas são: manter o ambiente da casa sempre limpo e fazer a manutenção da caixa de esgoto e da caixa de gordura, manter ralos sempre fechados, pois na maioria das vezes é por onde o escorpião entra, vedar os buracos e vãos, utilizar telas de proteção e manter o quintal sempre com a grama aparada.

Também é importante não acumular restos de materiais de construção, que podem servir como abrigo. Pilhas de madeira, cercas, tijolos, ferros velhos e entulhos também são os locais prediletos dos escorpiões.

CUIDADO COM BARATAS

Como o escorpião se alimenta de baratas, é bom evitar o surgimento do inseto, principalmente mantendo o ambiente limpo.

Algumas atitudes simples podem evitar os riscos de picada. Cuidados como sacudir camisas, calças e sapatos antes de usar ajudam a diminuir os riscos. No caso de acidente, procurar imediatamente o Pronto Socorro. Mais informações na Vigilância em Saúde: 3456 3867 e 3456 3555.