PAT oferta 11 cursos e atende 300 alunos em 2017

Por meio de parcerias, setor investe em qualificação para o mercado de trabalho


Publicado em 15 de dezembro de 2017
Alunos de operação de máquinas agrícolas: oito turmas formadas no ano (Foto: Assessoria de Imprensa da PMI)

Alunos de operação de máquinas agrícolas: oito turmas formadas no ano (Foto: Assessoria de Imprensa da PMI)

O PAT de Iracemápolis tem feito amplo investimento em cursos de qualificação profissional. Em 2017, o setor ofertou 11 deles — que, juntos, atenderam 300 pessoas.

“É uma forma de auxiliar quem precisa se colocar no mercado de trabalho”, disse Stanlei Neves, que coordena o setor. Ele informou que, para a promoção dos cursos, o PAT tem buscado parceria com empresas, sindicatos e setores públicos.

Com o Governo do Estado, foram quatro cursos oferecidos: “CIEE” (uma espécie de jovem aprendiz), “Time do Emprego”, assistente administrativo e auxiliar de recursos humanos. Com apoio da empresa Starplast, as aulas atenderam 85 alunos.

Em parceria com o Sindicato Rural de Limeira, o PAT promoveu cursos de manutenção de máquinas agrícolas e operação de tratores. Foram oito turmas e 96 alunos. Também foram ofertados cursos de culinária e panificação, que reuniram 40 alunos e tiveram apoio do CEAC.

Outra parceria deu-se com o SENAI para a promoção de um curso de instalação de TV para 20 alunos. Por fim, em parceria com a Promoção Social e o SENAC, foram ofertados os cursos de design de sobrancelhas e técnicas de depilação para 40 alunos.

O prefeito Fábio Zuza tem frisado o trabalho do PAT. “Tem sido muito importante. Os cursos ajudam no currículo, na procura por emprego ou abertura do próprio negócio”, disse.