Integridade x corrupção – Parte V – A Mente I


Publicado em 1 de setembro de 2017

“Quanto ao mais, irmãos, tudo que é verdadeiro, tudo que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma beleza, e se há algum louvor, nisso pensai” Filipenses 4:8.

Minha infância, adolescência e boa parte da minha juventude foi “cercada” de pornografia, promiscuidade, sexo, prostituíção, masturbação, maldades, malandragem, criminalidade, desobediência aos pais. Fui perverso nas escolas, assassino de animais, sim fui tudo isso dos 6 aos 29 anos, até que Jesus me encontrou, e aos poucos ele vem limpando cada área de minha vida, mente, memória e alma, mas nem tudo sai.

Nossa mente é como um quarto, com apenas uma porta de entrada, tudo que colocamos lá dentro, seja, vendo, ouvindo, sentindo ou tocando, jamais sai, o que acontece é que, com o tempo muitas outras coisas também ocupam espaço em nossa memória, por exemplo, cheiro de uma comida feita no fogão a lenha, lembra minha avó, uma frase lembra a infância, um som lembra uma música, mas o que quero tratar aqui é em que nível de integridade mental estamos.

Falo de mim, por viver tanto tempo no mundo da prostituição de corpo e mente, hoje vivo batalhas gigantescas em minha mente, quando quero passar um dia sem pensar em nada que entristeça meu Deus, vem alguém e conta uma piada “suja” minha memória traz à tona as que eu já contei, mesmo que eu não as conte, ela veio e me levou ao passado. Quando encontro alguém com quem saí vem à memória as lembrança do que fizemos juntos. Sei que é impossível impedir um pensamento e que o pecado está em deixa-lo continuar, mas não é sempre que eu venço e isso só me faz acreditar em uma coisa, a grandeza da misericórdia de Deus.

A integridade mental é a mais difícil de sermos fiéis. Quem é que nunca pensou mal de um jogador ruim, de um político corrupto, de um pai violento? Pois é, nossa mente e memória nos corrompe constantemente da integridade que Deus espera de nós. Digo com muita tristeza que esta é uma batalha que será travada até que a morte nos separe definitivamente com Cristo em sua glória. O que não podemos é nos acomodar com isso.

“Se realmente Jesus é seu senhor e salvador, buscai as coisas que são dos céus onde Cristo está, e não as coisas aqui da terra” Colossenses 3:1-2. Paz de Cristo!